Bom dia, Terça feira, 4ª Semana da Páscoa, São Fidélis.

Evangelho do dia (Jo 10,22-30)
22Celebrava-se, em Jerusalém, a festa da Dedicação do Templo. Era inverno. 23Jesus passeava pelo Templo, no pórtico de Salomão. 24Os judeus rodeavam-no e disseram: “Até quando nos deixarás em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente”.
25Jesus respondeu: “Já vo-lo disse, mas vós não acreditais. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; 26vós, porém, não acreditais, porque não sois das minhas ovelhas.27As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. 28Eu dou-lhes a vida eterna e elas jamais se perderão. E ninguém vai arrancá-las de minha mão. 29Meu Pai, que me deu estas ovelhas, é maior que todos, e ninguém pode arrebatá-las da mão do Pai. 30Eu e o Pai somos um”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Jesus a todos os momentos afirmava aos judeus que tudo que fazia era da vontade do Pai e que os dois são um só.
Porém mesmo assim, com todas estas provas eles ainda duvidaram, porque não viviam o sobrenatural, não se comportavam como ovelhas obedientes e nem confiavam fielmente suas vidas ao verdadeiro Pastor.
Não podemos duvidar que Jesus Cristo é o caminho a verdade e a vida, pois só agindo como ovelhas confiantes no seu pastor que não nos perderemos, pois se O seguirmos nos esforçando para viver a autenticidade Cristã testemunhando o Evangelho com nossa própria vida estaremos protegidos a caminho da salvação,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *