Bom dia, Terça feira, 9ª Semana do Tempo Comum, São Bonifácio.
Evangelho do dia (Mc 12,13-17)
Naquele tempo, 13as autoridades mandaram alguns fariseus e alguns partidários de Herodes, para apanharem Jesus em alguma palavra. 14Quando chegaram, disseram a Jesus: “Mestre, sabemos que tu és verdadeiro, e não dás preferência a ninguém. Com efeito, tu não olhas para as aparências do homem, mas ensinas, com verdade, o caminho de Deus. Dize-nos: É lícito ou não pagar o imposto a César? Devemos pagar ou não?”
15Jesus percebeu a hipocrisia deles, e respondeu: “Por que me tentais? Trazei-me uma moeda para que eu a veja”. 16Eles levaram a moeda, e Jesus perguntou: “De quem é a figura e a inscrição que estão nessa moeda?” Eles responderam: “De César”. 17Então Jesus disse: “Dai, pois, a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus”. E eles ficaram admirados com Jesus.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Quando os fariseus e partidários chegaram para indagar Jesus, falaram só palavras que o agradaria, mas por trás delas estava o interesse, destacado como hipocrisia, claro que Jesus Cristo já sábia o plano antes mesmos deles pensar em enganá lo.
Da mesma forma acontece conosco, através do discernimento sabemos o que é certo ou não, podemos até enganar o homem, mas a DEUS jamais, pois temos a certeza que Ele é e sempre será sábio, correto, verdadeiro, misericordioso e ao mesmo tempo justo, enfim Onipotente, Onipresente e Onisciente,.

Deixe sua mensagem para nós: