Terça feira da 32ª semana do tempo comum, São José Pgnatelli.
Evangelho do dia (Lc 17,7-10)

Naquele tempo, disse Jesus: 7“Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo: ‘Vem depressa para a mesa?’

8Pelo contrário, não vai dizer ao empregado: ‘Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois disso poderás comer e beber?’ 9Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado?10Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: ‘Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer’”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

O Cristão justo consciente sabe que está no mundo para servir e não para ser servido, mesmo que tivermos empregados ou subordinados temos que entender que somos todos irmãos em Cristo, sabemos que como servos não inúteis más sim obedientes a DEUS precisamos ser humildes honestos e verdadeiros não importa o que possuímos, nem nossa formação profissional ou então se temos bens que conquistamos com nossos esforços ou até mesmo se herdamos algo.
Pelo contrário devemos ser o melhor possível com os empregados, trata los como verdadeiros amigos, já agradecendo, pois DEUS os escolheu para participar um pouco das nossas vidas, muitas vezes da nossa intimidade não foi a toa, com certeza eles vieram nos ensinar ou nós precisamos ensiná- los algo da vida, más só com o tempo descobriremos qual é o propósito de DEUS,.

Deixe sua mensagem para nós: