Bom dia, Sexta feira, 9ª Semana do Tempo Comum, Sagrado Coração de Jesus, São Medardo.
Evangelho do dia (Jo 19,31-37)
31Era o dia da preparação para a Páscoa. Os judeus queriam evitar que os corpos ficassem na cruz durante o sábado, porque aquele sábado era dia de festa solene. Então pediram a Pilatos que mandasse quebrar as pernas aos crucificados e os tirasse da cruz.
32Os soldados foram e quebraram as pernas de um e depois do outro que foram crucificados com Jesus.33Ao se aproximarem de Jesus, e vendo que já estava morto, não lhe quebraram as pernas; 34mas um soldado abriu-lhe o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água.
35Aquele que viu, dá testemunho e seu testemunho é verdadeiro; e ele sabe que fala a verdade, para que vós também acrediteis. 36Isso aconteceu para que se cumprisse a Escritura, que diz: “Não quebrarão nenhum de seus ossos”. 37E outra Escritura ainda diz: Olharão para aquele que transpassaram”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Depois de todo martírio passado por Jesus ao ser crucificado, como se não bastasse ainda um soldado mesmo constatando que nosso Redentor já estava morto, ainda o transpassa uma lança no seu peito, e chegando no seu sagrado coração Ele jorrou todo seu sangue e quando acabou ainda derramou toda água, revelando assim a infinita misericórdia por nós.
Tudo isso estava nas escrituras, mas por pior que nos pareça Ele ainda foi protegido pelo Pai, pois para que eles e nós hoje compreendessemos que tudo sem exceção alguma, só DEUS sabe do destino de tudo, ou seja, Ele tem toda as razões, precisamos apenas respeitar, que tudo que nos acontecer é o melhor que DEUS tem para nós naquele momento.
Prova maior foi entregar o seu filho unigênito para nos salvar de todos os nossos pecados, porém não podemos esquecer que a cada pecado que voltamos a cometer, estamos entristecendo o coração de DEUS e ainda fazendo Jesus sofrer mais, é como não tivéssemos entendido que Ele pagou na cruz todo o preço por nós,.

Deixe sua mensagem para nós: