Terça- feira da 28ª semana do tempo comum, Santo Inácio de Antioquia
Evangelho (Lc 11,37-41)

Naquele tempo, 37 enquanto Jesus falava, um fariseu convidou-o para jantar com ele. Jesus entrou e pôs-se à mesa.

38 O fariseu ficou admirado ao ver que Jesus não tivesse lavado as mãos antes da refeição. 39 O Senhor disse ao fariseu: “Vós fariseus, limpais o copo e o prato por fora, mas o vosso interior está cheio de roubos e maldades. 40 Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior? 41 Antes, dai esmola do que vós possuís e tudo ficará puro para vós”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Precisamos saber distinguir preceitos humanos que fazem a vontade dos homens e preceitos Cristãos que obedecem a vontade de DEUS.
Jesus nos alerta que o que nos torna impuros são as palavras e os sentimentos negativos que saem de dentro dos nossos corações, mas ao mesmo tempo nos proporciona os antídotos (na caminhada Cristã) para retirarmos qualquer tipo de impurezas e sujeiras dos nossos corações, conseguimos através de um filtro que nunca falha chamado Espírito Santo, Ele não deixa passar nada além do amor do Pai das misericórdias.
Se colocamos nossa confiança Nele, seremos o mais puros possíveis e ainda se por um motivo ou outro nos sujarmos, confessando e reconhecendo nosso pecado, quando pedimos perdão na hora somos lavados e purificados no preciosíssimo sangue do cordeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *