Bom dia, Sábado, Oitava da Páscoa, São João Batista de La Salle.
Evangelho do dia: (Mc 16,9-15)
9Depois de ressuscitar, na madrugada do primeiro dia após o sábado, Jesus apareceu primeiro a Maria Madalena, da qual havia expulsado sete demônios. 10Ela foi anunciar isso aos seguidores de Jesus, que estavam de luto e chorando.11Quando ouviram que ele estava vivo e fora visto por ela, não quiseram acreditar.
12Em seguida, Jesus apareceu a dois deles, com outra aparência, enquanto estavam indo para o campo. 13Eles também voltaram e anunciaram isso aos outros. Também a estes não deram crédito.14Por fim, Jesus apareceu aos onze discípulos enquanto estavam comendo, repreendeu-os por causa da falta de fé e pela dureza de coração, porque não tinham acreditado naqueles que o tinham visto ressuscitado.
15E disse-lhes: “Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura!”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Imaginemosaquele povo depois de acompanhar todo sofrimento e martírio que Jesus passou, como iriam acreditar?
Eles acreditavam que o Messias veio como rei dos judeus para salvar o povo da escravidão, mas quando eles estavam esperançosos, acontece tudo diferente, Judas o traiu, Pilatos o condena é desprezado, flagelado, maltratado até ser condenado da pior forma da época, a morte na cruz, crucificação, como iriam acreditar que Ele voltou a viver, ressuscitou, só mesmo aqueles que buscavam conhecimento da Palavra de DEUS, que haviam lido sobre a professia, o Plano perfeito do DEUS Pai, para entender que o Cristo sofreria para não salvar só os judeus, mais sim toda humanidade, assim depois de três dias ressuscitaria dos mortos.
Até mesmo para os discípulos, aqueles que passaram mais tempo com Jesus, não o reconheceram de imediato, quanto mais nós pecadores, imperfeitos, para reconhecer- mos o nosso Senhor?
Por isso devemos estar sempre preparados, no estado de graça, no objetivo de conhecer e viver a sagrada escritura e aumentar a sabedoria na intimidade com o Pai, sempre vivendo a cultura do reino, fazendo o bem ao próximo sem esperar nada em troca, pois se acreditamos que Ele está vivo entre nós, então o Ressucitado pode aparecer a qualquer momento de qualquer forma de qualquer idade de qualquer classe social, ou seja não saberemos quando e como Ele virá, só sabemos que o nosso Salvador retornará, então devemos orar e vigiar constantemente,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *