Quarta feira da 31ª semana do tempo comum, São Deodado.
Evangelho (Lc 14,25-33)

Naquele tempo, 25 grandes multidões acompanhavam Jesus.

Voltando-se, ele lhes disse: 26 “Se alguém vem a mim, mas não se desapega de seu pai e sua mãe, sua mulher e seus filhos, seus irmãos e suas irmãs e até da sua própria vida, não pode ser meu discípulo. 27 Quem não carrega sua cruz e não caminha atrás de mim, não pode ser meu discípulo.
28 Com efeito, qual de vós, querendo construir uma torre, não se senta primeiro e calcula os gastos, para ver se tem o suficiente para terminar? Caso contrário, 29 ele vai lançar o alicerce e não será capaz de acabar. E todos os que virem isso começarão a caçoar, dizendo: 30 ‘Este homem começou a construir e não foi capaz de acabar!’
31 Ou ainda: Qual o rei que, ao sair para guerrear com outro, não se senta primeiro e examina bem se com dez mil homens poderá enfrentar o outro que marcha contra ele com vinte mil? 32 Se ele vê que não pode, enquanto o outro rei ainda está longe, envia mensageiros para negociar as condições de paz.
33 Do mesmo modo, portanto, qualquer um de vós, se não renunciar a tudo o que tem, não pode ser meu discípulo!”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Ser discípulo de DEUS significa amá- lo sobre todas as coisas e amar ao próximo da melhor forma possível, sem esperar nada em troca, principalmente ajudando os mais pobres os mais necessitados, aqueles mais desfavorecidos na sociedade, viver o Evangelho e nos momentos que surgir dúvida colocarmos a pergunta o que Jesus faria neste momento?
Assim sempre obteremos o discernimento  necessário que vem ao nosso auxílio pelo Espírito Santo nos indicando o certo e fazendo o bem seguiremos conforme a vontade de DEUS, isto é vivendo como Cristãos verdadeiros justos e autênticos.

Deixe sua mensagem para nós: