Sexta feira da 33ª semana do tempo comum, Santo André Dung-Lac e companheiros mártires.
Evangelho do dia (Lc 19,45-48)

Naquele tempo, 45Jesus entrou no Templo e começou a expulsar os vendedores.

46E disse: “Está escrito: ‘Minha casa será casa de oração’. No entanto, vós fizestes dela um antro de ladrões”. 47Jesus ensinava todos os dias no Templo. Os sumos sacerdotes, os mestres da Lei e os notáveis do povo procuravam modo de matá-lo. 48Mas não sabiam o que fazer, porque o povo todo ficava fascinado quando ouvia Jesus falar.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

O Evangelho de hoje nos faz refletir o que nas nossas vidas, nas nossas casas ou mesmos nos nossos corpos, considerados como Templo sagrado do Senhor, precisamos expulsar?
Quais os pecados que sabemos que vem nos separar do amor de DEUS, aqueles que vem nos vender ao mundo, vícios, idolatria a deuses pagãos, falta de perdão, raiva, inveja, falta de temor a DEUS e outros mais sentimentos negativos que sabemos que nos impedem de permanecermos no estado de graça, precisamos entregar a Jesus para que sejam lavados, destruídos pelo poder do preciosìcimo sangue poderoso do cordeiro e voltem a serem limpos como verdadeira casa de oração morada do Espírito Santo, onde reina sobre todas as áreas a paz de Cristo,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *