Terça-feira da 5ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 14, 27-31a)

«Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz. Não é à maneira do mundo que eu a dou. Não se perturbe, nem se atemorize o vosso coração. Ouvistes o que eu vos disse: ‘Eu vou, mas voltarei a vós’. Se me amásseis, ficaríeis alegres porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu. Disse-vos isso agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, creiais. Já não falarei mais convosco, pois vem o chefe deste mundo. Ele não pode nada contra mim. Mas é preciso que o mundo saiba que eu amo o Pai e faço como o Pai mandou».

Reflexão

Queridos irmãos,

A liturgia da Palavra desta terça-feira da 5ª semana da Páscoa nos coloca na perspectiva bíblica da despedida de Jesus aos seus discípulos. Essa será a tônica das leituras de toda esta semana. O mesmo Jesus que desceu dos céus e se encarnou no ventre de Maria, padeceu, morreu e ressuscitou, agora volta ao Pai. Antes, porém, se dirige aos seus discípulos. Quer dizer-lhes uma última palavra, pois não tarda em voltar para o Pai. A última palavra de Jesus é de Paz: deixo-vos a paz. Uma paz que nasce do coração de quem crer. Não se perturbe o vosso coração. A paz que Jesus nos oferece é ela uma pessoa, é Ele mesmo. Crer n’Ele é não se perturbar, é saber que não estamos sós, a paz de Jesus está nosso coração. A paz de Jesus triunfa sobre o medo e a perturbação do dia-a-dia.

Um segundo aspecto desta leitura evangélica é a da obediência à vontade do Pai “para que o mundo reconheça que eu amo o Pai, eu procedo conforme o Pai me ordenou”. O tamanho do amor que sentimos por Deus é manifesto pela maneira como observamos seus mandamentos. É missão dos discípulos cumprir a vontade de Deus. É preciso viver segundo os ensinamentos de Deus, para ser reconhecido como seu seguidor – como cristão. Assim se deu no tempo dos apóstolos.

Leandro Francisco da Silva, SDB

Pós-noviço salesiano

E-mail- leandrofsdb@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *