Bom dia, Domingo da 5ª semana do Tempo quaresmal, São Cirilo.
Evangelho do dia (Jo 12,20-33)
Naquele tempo, 20havia alguns gregos entre os que tinham subido a Jerusalém, para adorar durante a festa. 21Aproximaram-se de Filipe, que era de Betsaida da Galileia, e disseram: “Senhor, gostaríamos de ver Jesus”.
22Filipe combinou com André, e os dois foram falar com Jesus. 23Jesus respondeu-lhes: “Chegou a hora em que o Filho do Homem vai ser glorificado. 24Em verdade, em verdade vos digo: Se o grão de trigo que cai na terra não morre, ele continua só um grão de trigo; mas, se morre, então produz muito fruto.25Quem se apega à sua vida, perde-a; mas quem faz pouca conta de sua vida neste mundo, conservá-la-á para a vida eterna. 26Se alguém me quer seguir, siga-me, e onde eu estou estará também o meu servo. Se alguém me serve, meu Pai o honrará. 27Agora sinto-me angustiado. E que direi? ‘Pai, livra-me desta hora?’ Mas foi precisamente para esta hora que eu vim.28Pai, glorifica o teu nome!”
Então veio uma voz do céu: “Eu o glorifiquei e o glorificarei de novo!”
29A multidão, que aí estava e ouviu, dizia que tinha sido um trovão. Outros afirmavam: “Foi um anjo que falou com ele”.
30Jesus respondeu e disse: “Essa voz que ouvistes não foi por causa de mim, mas por causa de vós. 31É agora o julgamento deste mundo. Agora o chefe deste mundo vai ser expulso, 32e eu, quando for elevado da terra, atrairei todos a mim”. 33Jesus falava assim para indicar de que morte iria morrer”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Reflexão:

ImaginemosJesus na incerteza naquele momento podia pedir para DEUS, Pai livrar me da morte, mas sabia da importância do Plano Divino que precisava se cumprir, então assumiu sua convicção salvífica dizendo: mas foi precisamente para esta hora que Eu vim, confiando em DEUS Pai mais uma vez Ele disse: Pai glorifica o Teu nome, traduzindo que seja feita a vossa vontade, não a minha!
Ainda hoje mesmo com todas as nossas imperfeições, se fosse necessário Jesus dar a vida novamente por nós, podemos ter a certeza que Ele faria tudo de novo, porque Ele nos amou, ama e para sempre nos amará incondicionalmente sem se importar com o que fomos ou o que somos, por isso que devemos pegar nossa cruz no dia a dia e segui lo sem nos apegar a nada deste mundo que nos impede de conquistar a vida eterna,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *