Bom dia, Sábado da 1ª semana do Tempo comum 1ª Parte, Santo Hilário de Poitiers.
Evangelho do dia (Mc 2,13-17)
Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Levi se levantou e o seguiu.
15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.
16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: “Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?”
17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: “Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Jesus é assim mesmo não distingue pecadores, porque Ele não julga e sim enxerga no fundo dos nossos corações, quem deseja e aceita mudança de vida, quem quer o seguir, quem deseja a salvação.
Por isso que escolheu os 12 apóstolos cada um de um jeito, para assim modelar como um vaso nas mãos do goleiro, todos da mesma forma de acordo com o plano de DEUS.
Ele sabe de todas as nossas fraquezas e misérias, da nossa pequenez, enfim dos nossos pecados e espera de nós que não Julguemos uns aos outros, más sim nos tratamos como irmãos em Cristo, irmãos de coração buscando sempre ajudar uns aos outros,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *