Quinta-feira da 25ª semana do tempo comum

Evangelho (Lc 9, 7-9)

Naquele tempo: 
O tetrarca Herodes ouviu falar 
de tudo o que estava acontecendo, 
e ficou perplexo, porque alguns diziam 
que João Batista tinha ressuscitado dos mortos. 

Outros diziam que Elias tinha aparecido; 
outros ainda, que um dos antigos profetas tinha ressuscitado. 
Então Herodes disse: ‘Eu mandei degolar João. 
Quem é esse homem, sobre quem ouço falar essas coisas?’ 
E procurava ver Jesus. 

 

Reflexão:

Queridos irmãos,

A liturgia da Palavra desta quinta-feira pede de nós uma atitude de encontro com a pessoa de Jesus afim de purificar a nossa ideia de Deus. Diz o Catecismo da Igreja: “É preciso incessantemente purificar nossa linguagem daquilo que possui de limitado e de imperfeito, para não confundirmos o Deus inefável e inatingível, com nossas representações humanas” (CIC,1998 n.42). As nossas representações sempre permanecem aquém ao mistério insondável de Deus.

A atitude de Herodes de procurar Jesus, salvo os distintos objetivos da procura, constitui o caminho dos discípulos de Jesus. É preciso encontra-lo, ter com Ele uma experiência de fé que nos faça capazes de purificar nossa ideia de Deus.

Leandro Francisco da Silva

Pós-noviço salesiano

leandrofsdb@yahoo.com.br

Deixe sua mensagem para nós: