Sexta-feira da 20ª do Tempo Comum

Evangelho (Mt 22, 34-40)

Naquele tempo:
34 Os fariseus ouviram dizer que Jesus
tinha feito calar os saduceus.
Então eles se reuniram em grupo,
35 e um deles perguntou a Jesus, para experimentá-lo:
36 ‘Mestre, qual é o maior mandamento da Lei?’
37 Jesus respondeu: ‘`Amarás o Senhor teu Deus
de todo o teu coração, de toda a tua alma,
e de todo o teu entendimento!’
38 Esse é o maior e o primeiro mandamento.
39 O segundo é semelhante a esse:
`Amarás ao teu próximo como a ti mesmo’.
40 Toda a Lei e os profetas
dependem desses dois mandamentos.

 

Reflexão:

Queridos irmãos,

A liturgia da Palavra desta sexta-feira da 20ª semana comum nos propõe um projeto de vida, identificado todo ele no amor a Deus e aos outros, nossos irmãos.

Diante da pergunta mal-intencionada dos fariseus de qual era o maior dos mandamentos, Jesus respondeu: Amarás o Senhor teu Deus com toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. […]. Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Este processo de seguimento, três são os destinatários, a saber: Deus, o outro e a própria pessoa. No que diz respeito as duas últimas, Jesus explicita que é a partir do amor que temos conosco mesmo. Sou chamado a amar o outro como a mim. É um amor recíproco, fruto de minha relação com Deus, com o seu amor, com Ele, aprendemos a amar.

Estes dois mandamentos resumem os mais de trezentos outros, inscritos na Tradição judaica. Estes são os dois mandamentos parâmetros do agir do homem. É a partir destas relações de amor que vamos nos pautar. Que Deus nos dê a graça de amar e sentirmos seu amor.

Leandro Francisco da Silva

Pós-noviço salesiano

leandrofsdb@yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *