Bom dia, Terça feira da 6ª semana do Tempo comum 1ª Parte, São Martiniano.
Evangelho do dia (Mc 8,14-21)
Naquele tempo, 14os discípulos tinham se esquecido de levar pães. Tinham consigo na barca apenas um pão. 15Então Jesus os advertiu: “Prestai atenção e tomai cuidado com o fermento dos fariseus e com o fermento de Herodes”.
16Os discípulos diziam entre si: “É porque não temos pão”. 17Mas Jesus percebeu e perguntou-lhes: “Por que discutis sobre a falta de pão? Ainda não entendeis e nem compreendeis? Vós tendes o coração endurecido? 18Tendo olhos, não vedes, e tendo ouvidos, não ouvis? Não vos lembrais 19de quando reparti cinco pães para cinco mil pessoas? Quantos cestos vós recolhestes cheios de pedaços?”
Eles responderam: “Doze”. 20Jesus perguntou: E quando reparti sete pães com quatro mil pessoas, quantos cestos vós recolhestes cheios de pedaços? Eles responderam: “Sete”. 21Jesus disse: “E ainda não compreendeis?”

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Devemos ter muito cuidado para não duvidar do poder de DEUS nas nossas vidas, aí está a comparação do fermento dos fariseus e Herodes.
Jesus deu a vida por nós e continua a realizar tantos milagres em nossa volta ou na vida dos nossos, concientizarmo que firmados na fé possamos reconhecer e tenhamos também a certeza que Sua providência e Sua misericórdia é infinita, assim o pouco com DEUS sempre será mais que o necessário.
O fermento fariseu que Jesus se referia naquela época, hoje nos tempos atuais entendemos que seja a influência mundana, tudo que nos leva a promiscuidade, aos julgamentos, a ganância, aquilo que alimenta sem limites nosso ego, o orgulho, a vaidade, enfim tudo que nos incentive a pecar, precisamos aumentar nossa intimidade com DEUS e negar toda influência que nos faz afastar da presença salvífica, desta forma contemplaremos todos os momentos bons e enxergaremos diretamente o poder de DEUS nas nossas vidas,.

Deixe sua mensagem para nós: