Segunda feira da 31ª semana do tempo comum, São Nuno de Santa Maria.
Evangelho (Lc 14,12-14)

Naquele tempo, 12 dizia Jesus ao chefe dos fariseus que o tinha convidado:

“Quando deres um almoço ou um jantar, não convides teus amigos nem teus irmãos nem teus parentes nem teus vizinhos ricos. Pois estes poderiam também convidar-te e isto já seria a tua recompensa. 13 Pelo contrário, quando deres uma festa, convida os pobres, os aleijados, os coxos, os cegos. 14 Então serás feliz! Porque eles não te podem retribuir. Tu receberás a recompensa na ressurreição dos justos”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Neste ensinamento direto ao chefe dos fariseus, Jesus mais uma vez nos orienta a ser como Ele, manso e humilde de coração, ou seja não buscar interesse algum, não querer se aparecer, fazer o bem sem se importar a quem e não esperar nada em troca, resumindo se preocupar apenas em fazer a bondade e caridade transmitindo um pouco da misericórdia infinita do Pai a aqueles mais necessitados, esse sentimento não há preço que pague mesmo, ver a felicidade daqueles que mais precisam, enfim com cada um fazendo a sua parte e dando exemplos aos poucos iremos acabando com a diferença social.

Ensina-me o bom senso e a sabedoria pois tenho confiança nos teus mandamentos (sl199_66)

Deixe sua mensagem para nós: