Bom dia, Sexta feira da 5ª semana do Tempo comum 1ª Parte, São Miguel Febres.
Evangelho do dia (Mc 7,31-37)
Naquele tempo, 31Jesus saiu de novo da região de Tiro, passou por Sidônia e continuou até o mar da Galileia, atravessando a região da Decápole.
32Trouxeram então um homem surdo, que falava com dificuldade, e pediram que Jesus lhe impusesse a mão.33Jesus afastou-se com o homem, para fora da multidão; em seguida, colocou os dedos nos seus ouvidos, cuspiu e com a saliva tocou a língua dele.34Olhando para o céu, suspirou e disse: “Efatá!”, que quer dizer: “Abre-te!”
35Imediatamente seus ouvidos se abriram, sua língua se soltou e ele começou a falar sem dificuldade.
36Jesus recomendou com insistência que não contassem a ninguém. Mas, quanto mais ele recomendava, mais eles divulgavam.
37Muito impressionados, diziam: “Ele tem feito bem todas as coisas: Aos surdos faz ouvir e aos mudos falar”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Aquele homem mesmo sem escutar e falando com dificuldades recebeu a cura, porque Jesus antes de impôr a mão sobre ele, acredito que quando sozinhos deve de ter perguntado a ele se acreditava que podia voltar a escutar e falar, pois Jesus já havia lido o seu íntimo, só precisava sentir a sua abertura do coração, sua resposta.
Deve de ter sido tão rápido, foi de uma forma tão diferente, que Jesus Cristo ao olhar para o céu clamou o poder do Pai e disse Abre- te, quando o homem percebeu já estava curado.
Conosco também é assim, ou seja se nós aceitarmos e reconhecermos Jesus Cristo como nosso Salvador e entregar nossa vida a Ele e permitir que realize a obra, com certeza seremos curados de qualquer situação que hoje necessitamos por mais que pareça impossível, pois Ele já leu nossos corações, sabe das nossas vontades e pode realizar a cura o milagre, a graça será alcançada, pois Ele continua sendo o Senhor dos Senhores, Médico Dos médicos, Rei dos reis,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *