Sexta-feira da 22ª semana do Tempo Comum

Festa da Natividade de Nossa Senhora

Evangelho (Mt 1,16-18.21-24a)

Livro da origem de Jesus Cristo,
filho de Davi, filho de Abraão.

Abraão gerou Isaac; Isaac gerou Jacó;
Jacó gerou Judá e seus irmãos.
Judá gerou Farés e Zara, cuja mãe era Tamar.
Farés gerou Esrom; Esrom gerou Aram;
Aram gerou Aminadab; Aminadab gerou Naasson;
Naasson Gerou Salmon;
Salmon gerou Booz, cuja mãe era Raab.
Booz gerou Obed, cuja mãe era Rute.
Obed gerou Jessé.
Jessé gerou o rei Davi.
Davi gerou Salomão,
daquela que tinha sido a mulher de Urias.
Salomão gerou Roboão; Roboão gerou Abias;
Abias gerou Asa;
Asa gerou Josafá; Josafá gerou Jorão;
Jorão gerou Ozias;
Ozias gerou Jotão; Jotão gerou Acaz;
Acaz gerou Ezequias;
10 Ezequias gerou Manassés; Manassés gerou Amon;
Amon gerou Josias.
11 Josias gerou Jeconias e seus irmãos,
no tempo do exílio na Babilônia.
12 Depois do exílio na Babilônia,
Jeconias gerou Salatiel; Salatiel gerou Zorobabel;
13 Zorobabel gerou Abiud; Abiud gerou Eliaquim;
Eliaquim gerou Azor;
14 Azor gerou Sadoc; Sadoc gerou Aquim;
Aquim gerou Eliud;
15 Eliud gerou Eleazar; Eleazar gerou Mató;
Mató gerou Jacó.
16 Jacó gerou José, o esposo de Maria,
da qual nasceu Jesus, que é chamado o Cristo.
18 A origem de Jesus Cristo foi assim:
Maria, sua mãe, estava prometida em casamento 
a José, e, antes de viverem juntos,
ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo.
19 José, seu marido, era justo
e, não querendo denunciá-la,
resolveu abandonar Maria, em segredo.
20 Enquanto José pensava nisso,
eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho,
e lhe disse:
“José, Filho de Davi,
não tenhas medo de receber Maria como tua esposa,
porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo.
21 Ela dará à luz um filho,
e tu lhe darás o nome de Jesus,
pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”.
22 Tudo isso aconteceu para se cumprir
o que o Senhor havia dito pelo profeta:
23 “Eis que a virgem conceberá
e dará à luz um filho.
Ele será chamado pelo nome de Emanuel,
que significa: Deus está conosco”.

 

Reflexão:

Queridos irmãos,

Na celebração da Natividade de Nossa Senhora lemos o evangelho segundo o qual é apresentado o anúncio do anjo, do nascimento de Jesus, à José. A ação de Deus é misteriosa e sempre nos envolve com a sua força. Deus não se cansa de vir a nós e nos ajudar. Deus não é do tipo daqueles que dão as costas, antes, Jesus é aquele que ama e por isso cuida de cada um dos seus filhos. Deus intervém na história e nos comunica seu amor. É preciso ouvi-lo e deixa-se guiar por sua Palavra, por seus ensinamentos.

Com Maria aprendamos a bonita arte de se deixar moldar por Deus. Eis uma bonita lição de Maria para cada um de nós, deixa-se tocar e modelar por Deus. Que assim, como discípulos e discípulas, filhos e filhas de Nossa Senhora, saibamos todos ouvir e meditar na vida e no coração a Palavra de Deus, a fim de que, a ouvindo, a transformemos em vida e em ação. Assim seja.

Leandro Francisco da Silva

Pós-noviço salesiano

leandrofsdb@yahoo.com.br

Deixe sua mensagem para nós: