Segunda-feira da 7ª semana da Páscoa

Evangelho (Jo 16, 29-33)

Os seus discípulos disseram: «Agora, sim, falas abertamente, e não em figuras. Agora vemos que conheces tudo e não precisas que ninguém te faça perguntas. Por isso acreditamos que saíste de junto de Deus! ».

Jesus respondeu: «Credes agora? Eis que vem a hora, e já chegou, em que vos dispersareis, cada um para seu lado, e me deixareis sozinho. Mas eu não estou só. O Pai está sempre comigo. Eu vos disse estas coisas para que, em mim, tenhais a paz. No mundo tereis aflições. Mas tende coragem! Eu venci o mundo».

 

Reflexão

Queridos irmãos e irmãs, louvado seja Jesus Cristo!

A liturgia desta segunda-feira da 7ª semana da páscoa é confortadora. Diante das muitas perseguições pelas quais passavam o povo de Deus da comunidade joanina, o apóstolo e evangelista a fim de tornar os discípulos perseverantes na fé, exorta os seus com as mesmas palavras de Jesus “Tende coragem! Eu venci o mundo!”

Diante da perseguição eminente pela qual passaria os seus seguidores, Jesus, antes de partir para o Pai (embora liturgicamente, com a celebração de ontem da Ascensão de Jesus, Este já tenha partido para o Pai, o discurso joanino que proclamamos está inserido nas últimas palavras de Jesus ainda entre os homens), Jesus quis fortalecer a fé dos seus discípulos. Para isso Ele evoca duas situações, pelas quais passou e venceu, a saber: o abandono dos discípulos e a perseguição.

Na primeira situação Jesus fala da inconstância dos discípulos. Diante das perseguições, todos partiram, O deixando sozinho, ao menos aparentemente, pois no próprio Evangelho Jesus fala que o Pai sempre esteve com Ele. Certamente muitos O seguiam, mesmo diante do calvário, estes, contudo, não eram aqueles que juraram permanecer com Ele.

A segunda situação se dá diante das perseguições, “no mundo tereis provações”, diz Jesus. Tende coragem, afirma Ele. A coragem da fé é a certeza de que não estamos sozinhos, de que Deus está conosco. Essa é uma certeza que conforta e liberta o coração do discípulo desolado pela ideia de abandono e de provações. Coragem, Eu venci o mundo! As palavras de Jesus nos animam a seguir, mesmo e, sobretudo, diante das dificuldades da vida. Coragem, crede em Deus, confia n’Ele!

Leandro Francisco da Silva

Pós-noviço salesiano do Nordeste

E-mail: leandrofsdb@yahoo.com.br

Deixe sua mensagem para nós: