Bom dia, Domingo da 2ª semana do Tempo comum 1ª Parte, Santa Elisabete Ana Bayley.
Evangelho do dia (Jo 1,35-42)
Naquele tempo, 35João estava de novo com dois de seus discípulos 36e, vendo Jesus passar, disse: “Eis o Cordeiro de Deus!”
37Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus.
38Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: “O que estais procurando?” Eles disseram: “Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?”
39Jesus respondeu: “Vinde ver”. Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde.
40André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram a palavra de João e seguiram Jesus. 41Ele foi encontrar primeiro seu irmão Simão e lhe disse: “Encontramos o Messias” (que quer dizer: Cristo).
42Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: “Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas” (que quer dizer: Pedra).

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Todos os dias temos a oportunidade de escutar esta confirmação, “eis o Cordeiro de DEUS”, e ainda é completado para aumentar nossa confiança, nossa fé, ” é Ele quem tira o pecado do mundo”.
Este pecado está no singular porque indica ser o pecado original cometido por Adão e Eva, ou seja, DEUS pai entregou seu único filho na cruz para salvar a humanidade do tormento eterno.
Que nós possamos lembrar todas as vezes que estamos a pecar, más se reconhecemos e confessamos o que fizemos de errado e sabemos que não agradou a DEUS, que todo o preço já foi pago por nosso Salvador, por isso temos sempre a Sua misericórdia para continuarmos na direção certa e deixarmos Jesus ressuscitado transformar nossas vidas como fez com cada um de seus discípulos, Ele sabe de tudo desde o nosso nome até oque sentimos, oque vivemos ou mesmo oque estamos necessitando, Ele tem o melhor para cada um de nós, só precisamos abrir o coração e permitir que dia a dia Ele nos transforme em pessoas Cristãs melhores, acompanhá lo, deixando sermos guiados pelo Espírito Santo e assim como João e todos os discípulos fizeram, apresentá lo a mais irmãos para que tenham a mesma chance de conhece lo e acompanhá lo em tempo, por onde necessário for,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *