Bom dia, Terça feira, 2ª Semana da Páscoa, Santa Madalena de Canossa.
Evangelho do dia (Jo 3,7b-15)
Naquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: 7b“Vós deveis nascer do alto. 😯 vento sopra onde quer e tu podes ouvir o seu ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece a todo aquele que nasceu do Espírito”.
9Nicodemos perguntou: “Como é que isso pode acontecer?” 10Respondeu-lhe Jesus: “Tu és mestre em Israel, mas não sabes estas coisas? 11Em verdade, em verdade, te digo, nós falamos daquilo que sabemos e damos testemunho daquilo que temos visto, mas vós não aceitais o nosso testemunho. 12Se não acreditais, quando vos falo das coisas da terra, como acreditareis se vos falar das coisas do céu? 13E ninguém subiu ao céu, a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem. 14Do mesmo modo como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado, 15para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Naquela época o povo acompanhava vários milagres, pensavam que fosse feito por cada homem que o realizasse, isto é sem as mãos de Jesus ou mesmo até sem intervenção de DEUS.
Jesus usou o exemplo da natureza, melhor dizendo do vento para que Nicodemos, vendo e sentindo acreditasse no poder do alto, que vem do Espírito Santo de DEUS.
Não tem explicação humana mesmo a nossa existência, o tempo, nem o sol, nem a lua, o porque os formatos dos planetas e satélites dentre outras mais.
Mas até a morte de Jesus, ainda era tudo normal, realizações e feitos humanos, a partir do terceiro dia quando o nosso salvador ressuscitou dos mortos, assim nos concedendo a vida eterna. Está claro que um poder maior agia e age sobre todas as coisas, nos protegendo e abençoando divinamente, conforme o oxigênio do vento, sem explicação, basta acreditarmos e somente agradecer que Ele sabe o tempo certo e o melhor para cada um de nós,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *