Bom dia, Terça feira, Oitava da Páscoa, São Ricardo.
Evangelho do dia: (Jo 20,11-18)
Naquele tempo, 11Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo. 12Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.13Os anjos perguntaram: “Mulher, por que choras?” Ela respondeu: ”Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”. 14Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus. 15Jesus perguntou-lhe: “Mulher, por que choras? A quem procuras?” Pensando que era o jardineiro, Maria disse: “Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar”.16Então Jesus disse: “Maria!” Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: “Rabuni” (que quer dizer: Mestre). 17Jesus disse: “Não me segures. Ainda não subi para junto de meu Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”. 18Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: “Eu vi o Senhor!”, e contou o que Jesus lhe tinha dito.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Imaginemoso desespero a aflição de Maria Madalena quando não viu Jesus naquele túmulo, chorava e nem conseguia enxergar os anjos que estavam ali próximos, depois também imaginemos alegria a felicidade de confirmar que aquele que falou com ela era o próprio Jesus Cristo o Mestre.
Nas nossas vidas é assim também, quando diante dos problemas ficamos todos confundidos, desesperados, sem saber o que fazer, mas quando entregamos nas mãos de DEUS e confiamos na sua infinita misericórdia e bondade, entendemos que por mais que possa estar difícil, que pareça impossível, Ele tudo pode e está sempre próximo de nós, sabe de todas as nossas tristezas e de nossas alegrias e tem o melhor para nossa salvação, assim também se confiarmos como Maria Madalena fez contemplaremos a felicidade e a alegria plena para anunciar a boa nova,.

Deixe sua mensagem para nós: