Terça feira da 33ª semana do tempo comum, Apresentação de Nossa Senhora no Templo.
Evangelho do dia (Mt 12,46-50)

Naquele tempo, 46enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele.

47Alguém disse a Jesus: “Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo”.
48Jesus perguntou àquele que tinha falado: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 49E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: “Eis minha mãe e meus irmãos. 50Pois todo aquele que faz a vontade do meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Nestas palavras, parece que Jesus nega sua mãe e seus irmãos de sangue, más pelo contrário, em mais uma passagem Jesus Cristo aproveita para nos responder e nos ensinando afirma, que todos aqueles que fazem a vontade de Seu Pai, são seus discípulos, coloca Maria no mistério da Igreja, na comunidade de seus discípulos, porque somos todos irmãos e temos o mesmo valor independente de qualquer diferença, Ele escolheu seu filho unigênito para salvar a todos sem exceção, derramando Teu sangue precioso todos os dias imolado na cruz nos espera sem desanimar e nem descansar de nós amar, basta somente aceitarmos o propósito de vida nova que só Ele tem a nos oferecer e caminharmos perseverantes numa determinada decisão de fé, assim deixarmos Ele agir,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *