Segunda feira da 32ª semana do tempo comum, Santo Estanislau Kostka.
Evangelho do dia (Lc 17,1-6)

Naquele tempo, 1Jesus disse a seus discípulos: “É inevitável que aconteçam escândalos. Mas ai daquele que produz escândalos!

2Seria melhor para ele que lhe amarrassem uma pedra de moinho no pescoço e o jogassem no mar, do que escandalizar um desses pequeninos.
3Prestai atenção: se o teu irmão pecar, repreende-o. Se ele se converter, perdoa-lhe. 4Se ele pecar contra ti sete vezes num só dia, e sete vezes vier a ti, dizendo: ‘Estou arrependido’, tu deves perdoá-lo”.
5Os apóstolos disseram ao Senhor: “Aumenta a nossa fé!” 6O Senhor respondeu: “Se vós tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: ‘Arranca-te daqui e planta-te no mar’, e ela vos obedeceria”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

 

Reflexão:

O Cristão que deseja viver a autenticidade não aponta o dedo para julgar, mas estende as mãos para ajudar, o verdadeiro cristão age desta forma, como afirmamos na oração do Pai nosso, perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos aqueles que nos têm ofendido, claro que viver isso não é fácil por isso que todos os dias nós precisamos treinar quando estamos conversando com o Pai na nossa intimidade oracional, assim deixando-nos ser transformados, sendo renovados pelo Espírito Santo somos fortalecidos na fé e nos momentos reais responderemos de acordo com a vontade de DEUS, como Jesus e aqueles que deram exemplos de superação em amor, consagrados como os Santos nos ensinaram que confiando no auxílio do Espírito Santo e seguindo Seus mandamentos é possível viver a vontade do Senhor que para nós tem a santidade.

Deixe sua mensagem para nós: