Segunda feira da 1ª semana do advento, São João Damasceno.
Evangelho do dia (Mt 8,5-11)

Naquele tempo, 5quando Jesus entrou em Cafarnaum, um oficial romano aproximou-se dele, suplicando: 6“Senhor, o meu empregado está de cama, lá em casa, sofrendo terrivelmente com uma paralisia”.
7Jesus respondeu: “Vou curá-lo”. 😯 oficial disse: “Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa. Dize uma só palavra e o meu empregado ficará curado. 9Pois eu também sou subordinado e tenho soldados sob minhas ordens. E digo a um: ‘Vai!’, e ele vai; e a outro: ‘Vem!’, e ele vem; e digo a meu escravo: ‘Faze isto!’, e ele faz”.
10Quando ouviu isso, Jesus ficou admirado, e disse aos que o seguiam: “Em verdade, vos digo: nunca encontrei em Israel alguém que tivesse tanta fé.11Eu vos digo: muitos virão do Oriente e do Ocidente, se sentarão à mesa no Reino dos Céus, junto com Abraão, Isaac e Jacó.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Jesus conhece o coração de cada um, não importa o que você foi ou o que nós somos ou o tempo que estamos vivendo, quando abrimos nossos corações Ele vai lá no fundo entende a nossa realidade estende as mãos e atende nossas necessidades.
Quando participamos da Santa celebração eucarística dizemos também todas as vezes, “Senhor eu não sou digno de que entreis em minha morada, más dizei uma só palavra e eu serei salvo!”
Devemos proclamar esta frase com muita fé afirmando que assumimos que somos pecadores más acreditamos na misericórdia do Pai, recebemos o Seu perdão e todo Seu amor, também quando afirmamos que somos Santos e pecadores, através da eucaristia seremos salvos não importa a enfermidade ou o que seja que nos atrapalhe de sermos “dignos” para entrar na Sua presença, fazer parte do mesmo corpo, o Pão vivo que desce do céu, participar do banquete celestial, morada do Pai.
Ele sabe da nossa fé da nossa vontade de sermos purificados, curados e de seguirmos nossa caminhada mesmo nas dificuldades que ainda virão, como Jesus leu o coração daquele centurião enxergou tamanha fé Ele sabe da nossa vontade, dedicação e determinação de fé também e nos acompanhará até a vida eterna,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *