Os dons do Espírito não são privilégio dos santos; todos os cristãos os recebem no Batismo.

Desde o nosso Batismo, o Espírito Santo habita em nossa alma e produz aí os seus frutos e dons para nos conduzir ao amor de Deus e ao serviço dos irmãos. Eles nos ajudam a vencer o pecado e viver de acordo com as leis morais.

Os sete dons do Espírito Santo concedidos ao cristão são: sabedoria, inteligência, conselho, fortaleza, ciência, piedade e temor de Deus.

Os dons do Espírito não são privilégio dos santos. Todos os cristãos os recebem no Batismo. Eles são indispensáveis à santificação do cristão mesmo na vida cotidiana, e não apenas para as grandes obras.

O cristão pode permitir cada vez mais a ação do Espírito Santo em sua vida mediante os dons, se ele se dedicar ao cultivo das virtudes, principalmente da caridade, e se tornar mais e mais dócil às inspirações do Espírito Santo. Principalmente é importante viver o amor, porque Deus é amor.

A Tradição da Igreja entendeu os sete dons, do texto de Is 11,1-3: “Brotará uma vara do tronco de Jessé, e um rebento germinará das suas raízes. E repousará sobre ele o Espírito do Senhor:  Conselho e Fortaleza, Ciência e Temor de Deus, Piedade…”

(Publicado em Cléofas, no dia 7 de outubro de 2013)

Deixe sua mensagem para nós: