Conheça um pouco do que alguns Santos de nossa Igreja disseram sobre o valor da Eucaristia.

São João Bosco: “Quereis que o Senhor vos dê muitas graças? Visitai-o muitas vezes. Quereis que Ele vos dê poucas graças? Visitai-o poucas vezes. Quereis que o demônio vos assalte? Visitai raramente a Jesus Sacramentado. Quereis que o demônio fuja de vós? Visitai a Jesus muitas vezes. Quereis vencer o demônio? Refugiai-vos sempre aos pés de Jesus. Quereis ser vencidos? Deixai de visitar Jesus…” “Não omitais nunca a visita a cada dia ao Santíssimo Sacramento, ainda que seja muito breve, mas contanto que seja constante.”

Santa Terezinha: “Não é para ficar numa âmbula de ouro, que Jesus desce cada dia do céu, mas para encontrar um outro céu, o da nossa alma, onde ele encontra suas delícias.” 

Santo Agostinho: “A Eucaristia é o pão de cada dia que se torna como remédio para a nossa fraqueza de cada dia.”

Santo Afonso de Ligório: “Ficai certos de que todos os instantes da vossa vida, o tempo que passardes diante do Divino Sacramento será o que vos dará mais força durante a vida, mais consolação na hora da morte e durante a eternidade.”

São João Crisóstomo (ano 407): “Senhor Jesus Cristo, Tu és o pão que vivifica, Tu és o pão que nos faz irmãos, Tu és o pão que nos dá o Pai. Tu és o caminho que nós escolhemos, Tu és o caminho que conduz através do sofrimento, Tu és o caminho que conduz à alegria. É digno e justo cantar-Te, bendizer-Te, louvar-Te, dar-Te graças e adorar-Te em toda a parte até onde se estende o Teu domínio”.

Santo Irineu (ano 202): “Dado que nós seus membros [de Cristo], nos alimentamos de coisas criadas, (as quais, aliás, ele mesmo nos oferece…), também quis que fosse seu sangue o cálice de vinho, extraído da Criação, para com ele robustecer nosso sangue; quis fosse seu corpo o pão, também proveniente da Criação, para com ele robustecer nossos corpos. Se , pois, a mistura do cálice e pão recebem a palavra de Deus tornando-se a Eucaristia do Sangue e do Corpo de Cristo, pelos quais cresce e se fortifica a substância de nossa carne, como se haverá de negar à carne, assim nutrida com o Corpo e Sangue de Cristo, e feita membro do seu corpo, a aptidão de receber o dom de Deus, a vida eterna?”

Santo Ambrósio: “Eu que sempre peco, preciso sempre do remédio ao meu alcance.”

Fonte: http://www.portadeassis.com.br/

Deixe sua mensagem para nós: