Terça- feira da 26ª semana do tempo comum, memória aos Protomártires do Brasil.
Evangelho (Lc 9,51-56)

51 Estava chegando o tempo de Jesus ser levado para o céu. Então ele tomou a firme decisão de partir para Jerusalém
52 e enviou mensageiros à sua frente. Estes puseram-se a caminho e entraram num povoado de samaritanos, a fim de preparar hospedagem para Jesus.
53 Mas os samaritanos não o receberam, pois Jesus dava a impressão de que ia a Jerusalém.
54 Vendo isso, os discípulos Tiago e João disseram: “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para destruí-los?”
55 Jesus, porém, voltou-se e repreendeu-os.
56 E partiram para outro povoado.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Com certeza Jesus sabia que aqueles enviados para lhe prepararem a hospedagem em Jerusalém iriam falhar, mesmo assim os deixou porque precisava ensinar os apóstolos Tiago e João e hoje a nós, que eles samaritanos são humanos, então teriam a escolha e sendo assim respeitariam o seu livre arbítrio.
Hoje sabemos que para viver a vontade do Pai precisamos focar nos ensinamentos deixados pelo Cristo ressuscitado, o Evangelho vivo e não nos desviar em momento algum do seu chamado, com o desejo de a cada dia aumentar a intimidade com o Senhor, assim demonstrando temor, respeitando os Seus mandamentos e fazendo sempre o melhor ao próximo.
Mas mesmo assim, Ele sabia e sabe que como seres humanos não seria fácil viver sem desviar e assim quando pecamos e arrependidos estamos, confessamos pedindo a sua misericórdia, o Pai nos acolhe com todo Amor e nos diz, Eu te perdôo, vai e não volte mais a pecar.

José Magalhães Corrêa Neto

Deixe sua mensagem para nós: