Bom dia, Sexta feira, 7ª Semana do Tempo Comum, Santa Maria Madalena de Pazzi.
Evangelho do dia (Mc 10,1-12)
Naquele tempo, 1Jesus foi para o território da Judeia, do outro lado do rio Jordão. As multidões se reuniram de novo, em torno de Jesus. E ele, como de costume, as ensinava. 2Alguns fariseus se aproximaram de Jesus. Para pô-lo à prova, perguntaram se era permitido ao homem divorciar-se de sua mulher.3Jesus perguntou: “O que Moisés vos ordenou?” 4Os fariseus responderam: “Moisés permitiu escrever uma certidão de divórcio e despedi-la”. 5Jesus então disse: “Foi por causa da dureza do vosso coração que Moisés vos escreveu este mandamento. 6No entanto, desde o começo da criação, Deus os fez homem e mulher. 7Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e os dois serão uma só carne.8Assim, já não são dois, mas uma só carne.9Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe!”
10Em casa, os discípulos fizeram, novamente, perguntas sobre o mesmo assunto. 11Jesus respondeu: “Quem se divorciar de sua mulher e casar com outra, cometerá adultério contra a primeira. 12E se a mulher se divorciar de seu marido e casar com outro, cometerá adultério”.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor !

Reflexão:

Precisamos entender que no tempo de Moisés era a lei dos homens que valia e agora depois da ressurreição devemos obedecer a lei Divina, porque DEUS desde o início da criação fez o homem e a mulher e quando unidos ao Sacramento do Matrimônio formam uma só carne, não é uma restrição da igreja católica de que casais que não tenham impedimento nenhum para se casarem e os de segunda União não sejam liberados para receber a comunhão do corpo e sangue de Jesus Cristo.
Como percebemos esta é uma exigência séria, escrita no Evangelho do Senhor.
Qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de infidelidade, e casar se com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também estará adulterando.
Esta tem de ser mais uma de nossa missão de fé, acreditar fielmente no matrimônio em DEUS, não na lei dos homens, ou seja o que DEUS uniu o homem não separa, que sejamos confiantes, na alegria na tristeza na doença na saúde, na riqueza e na pobreza, enfim o que DEUS escolheu para nós devemos permanecer até o fim juntos numa só carne,.

Deixe sua mensagem para nós: